EUA expulsam vice-embaixador russo de Washington Medida foi retaliação à expulsão de diplomata norte


EUA expulsam vice-embaixador russo de Washington Medida foi retaliação à expulsão de diplomata norte-americano de Moscou; aconteceram no início de fevereiro de 2022

Prédio da embaixada da Rússia em Washington, D.C.

O vice-embaixador da Rússia em Washington, Sergey Trepelkov, foi expulso dos Estados Unidos no início de fevereiro, informou nesta 5ª feira (24.fev.2022) um funcionário do Departamento de Estado norte-americano. A medida é parte de uma guerra diplomática travada pelos países ao longo deste mês. O 2º diplomata na linha sucessória de importância em território russo, Bart Gorman, também foi expulso de Moscou. Não há relação direta com os conflitos deflagrados pelo início da invasão russa à Ucrânia.

Europa em gerra O vice-embaixador da Rússia em Washington, Sergey Trepelkov, foi expulso dos Estados Unidos no início de fevereiro, informou nesta 5ª feira (24.fev.2022) um funcionário do Departamento de Estado norte-americano. A medida é parte de uma guerra diplomática travada pelos países ao longo deste mês. O 2º diplomata na linha sucessória de importância em território russo, Bart Gorman, também foi expulso de Moscou. Não há relação direta com os conflitos deflagrados pelo início da invasão russa à Ucrânia.

Segundo o oficial, tratou-se de uma retaliação pela expulsão “sem motivo” de Gorman, anunciada pela embaixada norte-americana em Moscou em 17 de fevereiro. Ele reitera a importância de manter uma via diplomática aberta para “facilitar a comunicação” entre os governos. A missão diplomática russa em Washington continua a ser comandada pelo embaixador Anatoly Ivanovich Antonov. Já a dos EUA em solo russo manteve-se sob responsabilidade do diplomata John Beyrle. Estão no cargo desde 2017 e 2008, respectivamente.

A Ucrânia iniciou processo de rompimento das relações formais com a Rússia na sequência dos ataques orquestrados em diferentes cidades ucranianas nesta 5ª feira. Os ataques, registrados em ao menos 25 regiões, já deixaram 137 pessoas mortos e 169 feridos. “Nosso país deu esse passo em resposta aos atos de agressão armada da Federação Russa contra a Ucrânia, à invasão de tropas russas para destruir o Estado ucraniano e à apreensão de territórios à força com a intenção de estabelecer o controle de ocupação”, disse o ministro de Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba

#jornaltv

#jornaltvbr

JORNAL TV 📺 11 99923-2580

WEB@JORNAL.TV

📺

0 visualização0 comentário