Com nova projeção de inflação, salário mínimo pode crescer em 2023 menos do que o previsto


Com nova projeção de inflação, salário mínimo pode crescer em 2023 menos do que o previsto, aponta Economia

Caso se confirme a nova previsão do INPC, de 7,41%, o piso salarial subirá para R$ 1.301,81 a partir de janeiro do ano que vem. Em maio, governo havia estimado salário mínimo em R$ 1.310,17.



O salário mínimo em 2023 pode ser menor que o inicialmente previsto pelo governo, se for confirmada a nova estimativa de inflação divulgada pelo Ministério da Economia nesta quinta-feira (14).

A previsão da pasta para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPS) passou de 8,10% para 7,41% . O INPC, um índice de inflação, é usado para a correção anual do salário mínimo.

Atualmente, o salário mínimo é de R$ 1.212. Caso o INPC avance 7,41%, o piso salarial subirá para R$ 1.301,81 a partir de janeiro do ano que vem — valor menor que os R$ 1.310,17 estimados em maio, quando o governo acreditava que o INPC teria alta de 8,1%.

Porém, a nova previsão para o salário mínimo é maior que os R$ 1.294, previstos no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), apresentado pelo governo em abril, quando a equipe econômica calculava um INPC de 6,70% neste ano. O projeto foi aprovado pelo Congresso nesta semana.

O novo valor estimado nesta quinta-feira é provisório. Se a inflação medida pelo INPC no acumulado de 2022 for diferente da estimativa, o governo terá de rever o valor do mínimo. A Constituição estabelece que o reajuste não pode ser inferior à inflação do ano anterior.

O governo tem até o fim do ano para definir o valor do piso para 2023. A gestão do presidente Jair Bolsonaro não tem trabalhado com valorização real (acima da inflação) do salário mínimo, devido ao impacto nas contas públicas.

Jornal TV

jornal.tv


Jornal TV

jornal.tv

Jornal WhatsApp

jornalwhatsapp.com

11 99923-2580

brasil@jornal.net.br

redação

BRASIL

https://wa.me/5561999152580


0 visualização0 comentário