Nas imagens da câmera de segurança de uma das residências do bairro, é possível ver que, do veículo


Nas imagens da câmera de segurança de uma das residências do bairro, é possível ver que, do veículo, pelo menos um criminoso desce apontando uma arma na direção do motorista (veja vídeo acima). Assustado com a abordagem agressiva, Luigi tentou fugir dando marcha à ré com o veículo.

Com isso, o assaltante atirou na direção das vítimas por pelo menos duas vezes. Luigi foi atingido pelos disparos, sendo um deles na nuca. Mesmo inconsciente, ele continuou na direção do veículo, que capotou alguns metros à frente. Em seguida, os criminosos armados fugiram do local.

A esposa de Luigi, de 31 anos, relatou às autoridades que saiu do veículo mas, devido ao choque, não se lembra se pulou ou se foi arremessada do carro. Em seguida ela correu até o veículo do marido e já o encontrou sem vida. O amigo do casal não ficou ferido.

A esposa acionou a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que constatou o óbito do rapaz. A mulher foi levada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Enseada, onde recebeu atendimento médico. Ela seguiu para a capital paulista para ser internada em um hospital particular.

O caso foi registrado como roubo qualificado na Delegacia Sede de Guarujá. Equipes de peritos da Delegacia de Homicídios do Deinter-6 foram acionadas e investigam o caso. O corpo do turista foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Praia Grande. Até o momento, ninguém foi preso.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o carro utilizado pelos criminosos foi roubado minutos antes na esquina das ruas Romão Salgado e Dom Pedro, na Vila Júlia. O dono do veículo, um morador de Alagoas, disse à polícia que estava a passeio no litoral paulista quando, ao reduzir a velocidade em função de poças d’água, foi surpreendido por dois homens.

Os criminosos armados se jogaram na frente do veículo e ordenaram que todos desembarcassem. Os três ocupantes desceram e os suspeitos fugiram em alta velocidade com o veículo.



Morador do interior

Luigi deixa a esposa e uma filha de três anos. Segundo o padrasto dele, o bancário Carlos Damarindo, a família estava passando o fim de semana no litoral paulista e, pouco antes do crime, Luigi tinha ido buscar o amigo para sair. "Foi coisa de 15 minutos, desse distanciamento, que aconteceu", contou o parente.

Na terça-feira (1°), ele começaria em um novo emprego em uma agência bancária em Jundiaí, no interior paulista, onde morava com a família. "Estava ansioso, feliz da vida", comentou o padrasto.

"Não dá pra deixar ser só mais um caso a entrar para as estatísticas. Tem que acreditar que vai ter justiça e que vão pegar [os assaltantes]", disse o padrasto do turista.

#jornaltvbrasil

Jornal TV

jornal.tv

11 99923-2580

web@jornal.tv

newspaper

BRASIL


0 visualização0 comentário